Vida em contramão

25 de maio de 2017


Quando descobres que estás num caminho que não é o teu ou que não és a pessoa que imaginaste ser, não te sintas mal e não te martirizes.
Não penses que foi um erro ou que foi tempo desperdiçado.
Se hoje te olhas ao espelho e sabes quem és é também graças a esse caminho.
O tempo em que aprendes algo nunca é em vão, é o tempo em que recolhes
 bagagem de que irás precisar.
Todas as vivências têm a sua razão de ser, não só pelo que nos ensinam, como também
pela forma como mudam a nossa perspectiva sobre a vida.
Se a tua vida vai em sentido contrário a quem és de verdade, podes sempre fazer inversão de marcha ou, pelo menos, reajustar o trajecto e fazer pequenos desvios.

Na vida não existe uma via rápida para o sucesso, tens de percorrer caminhos de terra com lombas e depressões, perderes-te neles e voltares a encontrar-te. 

  

* 

27 comentários:

  1. Todo caminho envolve uma renuncia, e uma duvida: e se tivesse escolhido o outro?

    bjokas =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo! Acabamos sempre por cair nessa dúvida, mas temos de aceitar as nossas escolhas.
      Obrigada pela visita, beijinhos!

      Eliminar
  2. Estou inteiramente de acordo!! Adorei o texto!

    Beijinhos
    Bom dia

    ResponderEliminar
  3. Claro que sim... e é tão mais fascinante uma estrada nacional em detrimento de uma auto-estrada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, na auto-estrada chegamos mais rápido mas perdemos belas paisagens e tão importante como chegar ao destino é aproveitar o caminho.
      Obrigada pela visita, um beijinho!

      Eliminar
  4. É preciso, sobretudo, abrir o coração à aprendizagem com as experiências menos boas. A vida também se faz de tentativas e erros.

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, há sempre algo que podemos aprender e levar para a vida, mas temos de estar dispostos a aprender. É, muitas vezes, nas tentativas e erros que nos ficamos a conhecer.
      Um grande beijinho

      Eliminar
  5. Excelente reflexão, aprendemos com as quedas e com os desvios que por vezes temos de fazer na estrada da vida.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida! Temos de saber viver com as nossas escolhas e continuar, seja em frente seja por desvios.
      Bom fim-de-semana, beijinhos!

      Eliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Nem sempre encontramos o melhor e, por isso, às vezes é preciso arrepiar caminho...
    Magnífico texto, para ler, reler e reflectir.
    Bom fim de semana, amiga Rita.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, nem sempre encontramos o melhor mas isso pode até ser a nossa sorte!
      Muito obrigada, Jaime!
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Está aí uma verdade...a vida não tem uma receita...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  9. A Rita, pelo que escreve, não vai em contramão, vai bem avisada no caminho que segue. Mas não se deixe iludir, em cada curva haverá sempre uma qualquer tentativa de sedução, qual delas a mais tentadora.

    Uma boa semana :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão, há sempre tentações que quase nós levam por impulso e nunca somos experientes o suficiente para as evitar a todas. Ser cauteloso é necessário, mas por vezes temos de correr o risco!
      Obrigada pelas suas gentis palavras que me deixaram a pensar e que seriam um bom tema para um outro post.
      Boa semana, beijinhos.

      Eliminar
  10. A Rita, pelo que escreve, não vai em contramão, vai bem avisada no caminho que segue. Mas não se deixe iludir, em cada curva haverá sempre uma qualquer tentativa de sedução, qual delas a mais tentadora.

    Uma boa semana :)

    ResponderEliminar
  11. Olá, Rita!

    Escreves textos, quase sempre, muito incentivadores e que nos põem a pensar.
    É boa essa tua atitude, pke ajuda quem lê e sobretudo quem tem baixa autoestima.

    Portugal está na moda e na moda está também esta onda de afetos, de incentivos, de palavras encorajadoras. Se verdadeiros, dou 20 valores.

    Beijos e bom domingo, k, por aqui, Lisboa, está bem cinzento e ameaçando chover.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Céu!
      Um dos propósitos deste blogue é exactamente trazer palavras positivas​ e encorajadoras​.
      O que escrevo são pequenas reflexões tendo em conta o que vou vivendo, escrevo porque acredito que as palavras têm um grande poder quando abrimos o nosso espírito e acreditamos nelas.
      Ficaria muito feliz se alguém encontrasse aqui um pouco de luz, um pouco de esperança.
      Muito obrigada pela visita e pelas palavras sinceras!
      Boa semana, beijinhos.

      Eliminar
  12. Bom dia, a vivência é aprendizagem continua, é absorvida diariamente para que possamos escolher um caminho sem curvas e contra curvas, se imaginarmos o que somos, som os o que somos, só nos aceita quem quer.
    A partilha é excelente para refletir e para motivar.
    Feliz semana,
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, é com as aprendizagens diárias que nos vamos descobrindo e traçando o nosso trajecto. "Só nos aceita quem quer" e não precisamos de ser aceites por todos, se nós próprios nos aceitarmos isso deixa de ter assim tanta importância.
      Muito obrigada, boa semana!

      Eliminar
  13. Encontro-me neste momento exactamente como a pessoa da foto, a decidir qual o caminho a tomar.
    Nem sempre é fácil estarmos nesta situação mas é necessário por vezes esse desafio.

    Beijinho e boa semana

    O Toque do coração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu estou numa encruzilhada, sei para onde quero ir mas não sei que caminho escolher até lá.
      A vida é um desafio constante que nos põe à prova inúmeras vezes e temos de acreditar que vai correr tudo bem!
      Espero que consiga tomar a decisão que a deixe mais feliz, um grande beijinho!

      Eliminar
  14. Mais um texto formidável, Rita!...
    De facto, quando o que ficou para trás não nos agrada, é no presente, que temos a capacidade, de nos voltarmos para a melhor direcção no futuro...
    Errar muito... é-nos permitido...
    Perder-mo-nos algumas vezes... também...
    Desistir de nós... nunca!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS