Não sei

17 de junho de 2017

Imagem | Pixabay

A vida prega-nos sustos, não sei se para nos ajudar se para nos derrubar.
Sei que a vida espreita em cada esquina, mas não sei se nos persegue ou se nos protege, se nos empurra ou se nos ampara.
Corremos tanto atrás da vida que acabamos por tropeçar e cair.
À primeira levantamo-nos depressa e cheios de força,
À segunda dizemos para nós mesmos que não nos magoa, apesar de já termos uns arranhões.
À terceira dói e demoramos a levantar-nos,
À quarta ponderamos se vale a pena voltar a estar de pé...
Não sei se vale a pena, mas sei que ficar no chão é que não vale mesmo a pena.
É difícil suportar os abalos, mas não há volta a dar,
quando estamos mais perto do que nunca sobra cansaço e desmotivação,
mas não vale recuar.
Às vezes, tudo o que precisamos é de pôr um ponto final no que nos consome,
por isso pega nessas forças que te restam e luta por esse fim.
O fim nem sempre é um problema, por vezes é a solução.
 
 
*

Disse ao vento #3

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS