Disse-me o vento #1

15 de maio de 2017

*
 
Como neste momento não me sobra muito tempo para o blogue, mas resta-me uma enorme vontade de não o deixar sem rumo, decidi escrever-vos breves mensagens.
Não se trata de uma mudança (definitiva) e alguns posts serão como os que fiz até então.
Vou continuar a visitar e a comentar os vossos blogues, se bem que com menos regularidade.
A todos os que por aqui passam, obrigada e um beijinho.
 

32 comentários:

  1. Uma frase muito inspiradora...
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. O amor é imaterial,
    Sem ter metade nem meio.
    Não conta porquê que veio
    E é divino e animal.

    Pode até ser, pois, fatal,
    Fatigante, belo ou feio,
    Porém sempre está no seio
    Do incondicional.

    Amor quando intenso é vida
    Em busca da merecida
    Vida da vida futura

    Que entre intenção e lida
    Deixa mais apetecida
    A vida da criatura.

    Grande abraço. Laerte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Belíssimo! O amor é mesmo assim, dá vida à vida e é algo que nos transcende.
      Obrigada pela amável visita, seja bem-vindo a este rumo!
      Beijinho

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Obrigada! Vou tentando não me ausentar completamente.
      Beijinho

      Eliminar
  4. Muito bem! Mas não nos fujas :-)

    Beijinhos de boa noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem pensar, mesmo no meio da correria vou passando por cá!
      Um grande beijinho

      Eliminar
  5. E em poucas palavras... às vezes, é quando se diz mais...
    Adorei a frase!
    Cá ficamos à tua espera... sem cobranças... será quando tu puderes, pois claro!
    Um beijinho grande! E que seja por uma boa causa esta tua maior ausência por aqui...
    Tudo de bom!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, não são precisas muitas palavras para dizer muito.
      Obrigada pelas doces palavras, Ana!
      É uma ausência inevitável quando os afazeres parecem duplicar-se, mas sim acredito que é por uma boa causa.
      Um grande beijinho

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Obrigada Isabel! Tenho espreitado bastante o teu blogue (sempre com sugestões lindas), apesar de nem sempre comentar.
      Beijinho

      Eliminar
  7. No entanto, o Amor nunca acabará!

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem dito, o amor não se extingue (se bem que, por vezes, parece estar em vias de extinção).
      Beijinho

      Eliminar
  8. Rita,

    Que frase maravilhosa, pura filosofia e verdade.
    O amor é crescente, mas morre quando não há doação
    e vivência na sua totalidade.

    Eu compreendo esta questão de disponibilidade de
    tempo para o blog, acontece comigo. Mas, também
    aprecio muito a partilha.
    Aprecio muito este seu espaço de arte!
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida! O amor tem de ser construído e mantido, caso contrário acaba por não sobreviver.
      Muito obrigada, querida Suzete!
      Um grande beijinho

      Eliminar
  9. Olá, existe mais vida para além do blog, publicar e visitar com tiver possibilidade, é perfeito, o amor nasce para ser fortalecido com muito alimento.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Nem mais, o amor tem de ser alimentado para que se torne firme e resista ao tempo e à vida!
      Beijinho

      Eliminar
  10. Um sábio pensamento.
    Rita os blogues devem ser um passatempo e não uma obrigação, por isso fazemos e visitamos quando dá.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Maria!
      Claro que sim, mas como tenho muito carinho por este espaço e por quem também dele faz parte senti a necessidade de deixar este pequeno esclarecimento.
      Beijinhos
      B

      Eliminar
  11. Uma frase que me pôs a pensar... e não é que está certa! :)

    Beijinho e cuide de si que nós esperamos!
    O Toque do coração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma frase que realmente pode dar que pensar.
      Muito obrigada, beijinhos!

      Eliminar
  12. Ando aqui às voltas e nem sei o que responder. Esta frase deixou-me confusa e a pensar!
    Eu continuarei por cá ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma frase um pouco enigmática, tal como o amor ;)
      Obrigada Fia, beijinhos.

      Eliminar
  13. O amor nunca começa e morre nos dois ao mesmo tempo... será isso?
    Bom fim de semana, amiga Rita.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também pode ser, é também uma verdade!
      O amor não nasce inteiro, constroi-se​ com o tempo e se faltar dedicação acaba por morrer.
      Bom domingo, beijinhos!

      Eliminar
  14. A passar por cá para desejar um bom fim de semana!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  15. Respostas
    1. No amor nada é definitivo, nem mesmo o seu fim!
      Beijinho

      Eliminar

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS