18 de setembro de 2017

Inspiração musical #1

Na Inspiração musical o que vos trago são breves textos inspirados em letras de músicas,
pois a música é algo que não dispenso no meu dia-a-dia e é algo que me toca todos os dias.




"Olha para mim
E diz-me o que tu vês
Diz-me quem tu vês
Não quem tu queres ver

Serei para ti
O que querias ter
O que sonhavas ter
Mas isso não sou eu
(...)"
*
Uma desilusão amorosa acontece quando percebemos que aquilo que acreditávamos que o outro era
nunca existiu nele, mas apenas na nossa mente.
Somos nós que nos enganamos, que não queremos descobrir a essência do outro,
na pressa de amar quem idealizamos. 
Amar é aceitar o outro como ele é.
Amar não é moldar alguém aos nossos gostos ou desejos.
 Ninguém deixa de ser quem é por amor,
 simplesmente porque o amor não nos rouba de nós.
Amar é olhar para o outro e ver quem ele é e não quem nós queremos que ele seja. 
Amar não é brincar ao faz de conta.


 
*
 Imagem | Pixabay
Texto | Rita Norte

35 comentários:

  1. Rita, por vezes estamos tão "cegos" de amor que não vimos a realidade, tudo parece especial e desculpam-se todas as diferenças. Mais tarde, quando a razão começa a surgir, é que vê, se o que existia entre ambos era apenas paixão passageira e aí os problemas começam a surgir, ou se realmente é amor, se for este o caso, tudo se consegue ultrapassar. Ninguém deve anular ou deixar-se anular pelo outro.
    Excelente reflexão.
    Boa semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo totalmente, a paixão tem efeitos sobre nós que não dá para explicar e torna-se difícil recuar quando só se deseja avançar.
      Algo muitíssimo importante é mesmo que "ninguém deve anular ou deixar-se anular pelo outro", é uma lição para a vida!
      Muito obrigada por estas palavras tão verdadeiras que tanto apreciei!
      Beijinhos, Maria.

      Eliminar
  2. Adorei a tua reflexão!
    O Amor é realmente cego!!!

    Beijos
    Boa noite

    ResponderEliminar
  3. Querida Rita, fiquei feliz e orgulhosa com sua visita e participação em um dos meus blogs. Logo voltarei para seguir com meu mais antigo perfil. Amei sua poesias, líricas e românticas. Parabéns! Fique a vontade para participar da brincadeira Poetizando e Encantando, aos domingos postarei uma nova foto. Abraços, tenha uma semana abençoada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas suas amáveis palavras e presença, Lourdes!
      Uma semana feliz, um beijinho.

      Eliminar
  4. Muitas vezes não queremos encarar a verdade...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse é o cerne da questão, não vemos porque não queremos ver. Queremos felicidade a todo o custo, embora se viva numa ilusão.
      Obrigada pelo comentário, Isa!
      Beijinho

      Eliminar
  5. Porque «Onde as palavras falham, a música fala.»

    E "o amor não nos rouba de nós", antes o amor é dar de nós ao outro, dar-nos, mas tem de ser com os pés assentes no chão, não idealizando mas olhando a realidade; como muito bem o dizes, o outro é como é, não como nós quereríamos que fosse. Se não se aceita o outro como ele é, onde é que está o amor?

    Agora, haverá sempre a aprender, arestas a limar para que um se complemente no outro, pois deveremos ser como barro sempre pronto a ser moldado, a ser construção, e não peça pronta e acabada. Quando existe amor, isso acontece. Acho que quem se recusar a aprender, a crescer, a deixar-se moldar um mínimo que seja, recusa-se a viver, recusa-se a amar.

    Mas nunca, nunca, devemos anular-nos, deixar de ser nós próprios, deixar de ser quem somos, deixar de lado a nossa essência para nos transformarmos naquilo que exigem ou quereriam que sejamos. Aí, penso, não há amor que resista e, mais tarde ou mais cedo, a construção acabará por se desmoronar porque foi construída com pressupostos errados.

    (Desculpa o testamento).

    Boa semana, amiga.
    Beijinhos


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente, amar é aceitar o outro como ele é, o que não significa que não tenham de existir pequenas cedências de parte a parte. Temos de nos manter fiéis a quem somos, mas também temos de ser flexíveis (com limites, claro).
      Acredito que se não aceitamos a pessoa como ela é não a amamos e que mudar a nossa essência por alguém nunca será uma prova de amor.
      Quem ama não insiste em tornar-nos diferentes, incentiva-nos a melhorar.
      Não há nada a desculpar, pelo contrário, agradeço e muito por partilhares a tua reflexão maravilhosa que adorei ler!
      Uma semana feliz, um grande beijinho.

      Eliminar
  6. Um post maravilhoso... é mesmo... na pressa de amar... a tentação de moldar o outro... é tão frequente... e cómoda!... É cómodo, termos alguém perfeito a nosso lado... exige-se a perfeição... esquecendo, que nenhum de nós, o consegue ser...
    O verdadeiro amor... aceita o outro, conforme é... não nos roubando de nós... como muito bem dizes!...
    Mais um post, por aqui, fantástico! Parabéns, pela abordagem do tema!
    Beijinhos! Feliz semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O amor fortalece-nos, não nos destrói.
      É verdade, a perfeição não existe e isso é algo que não podemos alterar.
      Obrigada, Ana!
      Um beijinho

      Eliminar
  7. É sem dúvida uma reflexão muito pertinente. Amar é aceitar o outro, sem dúvida! E sabemos que somos amados quando nos aceitam como somos.

    Contudo acho que quando investimos numa relação, acabamos por nos moldar mutuamente. Na minha opinião esse molde não é negativo, mas sim necessário para a felicidade e sanidade do casal.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo o que dizes, Fia! Não podemos ser totalmente inflexíveis nem no amor nem em nada, para nosso próprio bem!
      Obrigada pelas tuas palavras, um beijinho.

      Eliminar
  8. Olá, vim lá do blog da Lourdes Duarte, conhecer e seguir seu maravilhoso blog. Lhe convido a conhecer o meu e seguir se gostar. Bjuss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Genilda, obrigada pela sua visita e por seguir este meu rumo!
      Beijinho

      Eliminar
  9. Amiga, também estou vindo do blog da Prof Lourdes Duarte, amei conhecer seu blog, seguindo e lhe convido a conhecer o meu, se gostar sida agradecerei. Bjus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pela visita e por seguir, será sempre bem-vinda ao meu rumo!
      Beijinho

      Eliminar
  10. Querida Rita,

    Também a música é imprescindível na minha vida.
    Acredito e sigo o caminho da honestidade do que se é,
    sabendo que cada um é único e precisamos ser e o outro também.
    Acredito na ponte do diálogo sincero e da confiança.
    Quando não existe a possibilidade de harmonia neste conviver,
    o melhor é cada um respeitosamente seguir em frente...
    Um final de semana feliz para você, amiga poeta!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito também que ser honesto com os outros e connosco é meio caminho andado para a felicidade.
      Obrigada pelas suas palavras, Suzete!
      Um grande beijinho

      Eliminar
  11. Pois é, o amor não é mesmo brincar ao faz de conta...
    O amor é a música dos sentidos.
    Magnífico texto, gostei muito das tuas palavras.
    Bom resto de semana, amiga Rita.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "O amor é a música dos sentidos"... Que bela definição de amor, Jaime!
      Obrigada pela visita, bom final de semana! Beijinho

      Eliminar
  12. Belíssima reflexão, Rita. Às vezes acreditamos que o outro nos mostrou algo que efetivamente não era, mas esquecemos que nós podemos ter projetado algo muito além da capacidade de ser da outra pessoa e, inclusive, de nós mesmos diante de tal relacionamento. O amor simplesmente ama. Parece clichê isso, mas é isso. O amor não cria expectativa, mas nós que criamos. E aí que reside a tal decepção ou desilusão.

    Obrigada pela sua doce presença.
    Uma ótima sexta.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo totalmente, somos nós que desvirtuamos o amor ao criar demasiadas expectativas.
      Obrigada pela visita e pelas sábias palavras!
      Bom fim-de-semana, um beijinho.

      Eliminar
  13. Frases muito certas

    um beijinho e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  14. A ânsia de querer amar
    Nos conduz num caminho errado.
    Não temer ser avaliado,
    É receita para resultar.

    "[Amar é aceitar o outro como ele é.]"

    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada por estas palavras que tanto apreciei!
      Um beijinho

      Eliminar
  15. Passei para lhe deixar um abraço e desejar que a Primavera venha com um colorido de alegria para sua vida e que em cada flor dessa bela Estação venha com aroma de felicidade. Bjuss, tenha um lindo Domingo.

    ResponderEliminar
  16. A passar por cá hoje para desejar bom domingo!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  17. Olá amiga, bom dia!
    O segundo POETIZANDO E ENCANTANDO já está no blog esperando você. Seja bem vinda.
    Estendo o convite aos seus seguidores que desejarem conhecer meu blog, seguir e participar da brincadeira.
    Tenha um abençoado Domingo.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderEliminar
  18. Passando a deixar um beijinho, e votos de continuação de uma excelente semana!...
    Ana

    ResponderEliminar
  19. Rita passando para desejar uma boa semana.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  20. Amigos são como as estrelas no céu. Eles são mais claros nos tempos de escuridão e quando a amizade perdura suportando a distância.
    E porque não dizer, podemos chamar de amigos, os virtuais que vence a distância para nos visitar e trazer um elogio, uma palavra amiga, um abraço... E como é maravilhoso! Quantas vezes senti que não estava só lendo seu comentário. Obrigada por sua amizade, que Jesus lhe proteja sempre e se estenda a sua família.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderEliminar
  21. Passando para te deixar um beijinho, e votos de um bom feriado...
    Tudo de bom!
    Ana

    ResponderEliminar